outra assistência médica


Bagagem médica
Pode transportar gratuitamente até 15 kg adicionais de equipamentos médicos, desde que possa apresentar no balcão do check-in, para os voos de ou para a Holanda, um atestado médico nas línguas holandesa e inglesa. Para os voos de ou para Paris-Orly, deve poder apresentar um atestado médico em língua francesa ou inglesa. Atenção! Deve informar a transavia.com com antecedência, a todo o tempo, sobre os equipamentos médicos adicionais. Contacte para o efeito o centro de atendimento telefónico da transavia.com.

 Comunicação antecipadaTransporteRequer atestado médicoCustos
Equipamentos médicosSimNa cabine, até um peso máximo de 10 kg e as dimensões da bagagem de mão estabelecidas**Sim. Nas línguas holandesa e inglesa*Gratuito até 15 kg
AndarilhoNãoNo porãoNãoGratuito
MuletasNãoNa cabineNãoGratuito
Andarilho com rodasNãoNo porãoNãoGratuito

* Se viajar de/para a Holanda, o atestado médico deverá ser redigido em língua holandesa ou inglesa. Se viajar de/para Paris-Orly, o atestado médico deverá ser redigido nas línguas francesa e inglesa.

** A bagagem médica, que não necessita utilizar durante o voo, é sempre transportada no compartimento do porão. Apenas em casos excepcionais pode transportar a sua bagagem médica como uma segunda peça de bagagem (por exemplo, se se tratar de equipamentos médicos frágeis). Isso só é possível se a sua bagagem cumpre as condições para bagagem de mão (dimensões de 55 cm (C) x 35 cm (L) x 25 cm (A) e peso máximo de 10 kg). Se não cumprir esses requisitos, deverá previamente determinar-se se a bagagem pode ser transportada a bordo ou se deve ser transportada no compartimento do porão. Caso queira transportar a bagagem médica como bagagem de mão, deve comunicar o fato com antecedência.


Quando é que necessita de um atestado médico?
Um médico (independente) deverá declarar num atestado médico, nas línguas holandesa e inglesa, que não sofrerá nenhuma consequência prejudicial pelo facto de viajar numa cabine pressurizada ou que pretende viajar com equipamento médico. O atestado deve ser assinado pelo médico. Atestado deve ter sido emitido no máximo até 7 dias antes da sua partida. Uma vez que viajar numa cabine pressurizada pode agravar alguns quadros clínicos, aconselhamo-lo, no caso de otite ou de febre, a solicitar a um médico um atestado médico. Em caso de dúvida, consulte sempre um médico.

Para os voos da transavia.com Países Baixos (o número do seu voo começa com HV), o atestado médico deverá ser redigido nas línguas neerlandesa e inglesa. Para os voos da transavia.com França (o número do seu voo começa com TO), o atestado médico deverá ser redigido nas línguas francesa e inglesa.

A transavia.com pedir-lhe-á sempre um atestado médico se:
  • pretender levar consigo equipamento médico (no máximo de 15 kg).
  • estiver grávida e a sua gravidez apresentar complicações.
  • o seu filho sofrer de uma doença (infantil) contagiosa (como a varicela). O atestado médico deve indicar que a doença já não se encontra numa fase de contágio.
  • tiver sido submetido a intervenção cirúrgica até oito dias antes da partida.
  • tiver uma parte do corpo engessada. Eventualmente também podemos aceitá-lo sem um atestado médico, desde que esteja consciente dos riscos a que se expõe ao viajar com gesso.

Passaporte sanitário europeu
Pode ser muito prático ter consigo o passaporte sanitário europeu quando viajar. O cartão de saúde europeu contém informações sobre os seus medicamentos. Pode também constar informações sobre o seu estado de saúde, mas tal não é obrigatório. O Passaporte Sanitário Europeu é elaborado em onze línguas europeias e pode ser adquirido por um preço reduzido junto do seu médico de família ou na farmácia.

Cães-guia, cães de assistência ou cães de salvamento a bordo
Os cães-guia e os cães de salvamento são admitidos gratuitamente na cabine, independentemente do seu tamanho. Durante a reserva online ou antes de reservar (online) o seu voo à Minha transavia.com, deverá informar o transavia.com sobre o transporte do seu cão de assistência. Caso tenha efectuado uma reserva através de uma agência de viagens ou um operador de turismo, deve comunicar o transporte do seu cão de assistência à agência de viagens ou ao operador de turismo.

Normas para o transporte de um cão de assistência:

  • O cão de assistência não pode, em caso algum, ocupar um assento.
  • O cão de assistência deve estar sempre preso.
  • Além disso, necessitará de: passaporte para animais válido e ter recebido as vacinas exigidas.


Alguns países possuem normas restritivas relativas ao transporte de animais de estimação no seu território. Estas normas também se aplicam aos cães de assistência. Para mais informação sobre as normas de importação do seu animal de estimação, poderá contactar a embaixada do país em questão.

Função do pessoal de cabine
Para poder assegurar a todos os passageiros uma viagem tão segura e confortável quanto possível, a transavia.com dispõe de pessoal de cabine qualificado. Durante o voo, poderá solicitar-lhe tudo o que desejar. Contudo, o pessoal de cabine não está autorizado a prestar-lhe auxílio no âmbito da sua refeição ou da sua higiene pessoal. Também não pode levantar ou carregar passageiros ou administrar medicamentos ou injecções. Se necessitar deste tipo de cuidados, deverá viajar com um acompanhante que lhe preste assistência durante o voo. Aos acompanhantes é aplicável a tarifa normal de voo disponível no momento da reserva. A transavia.com não dispõe de cadeiras de rodas a bordo.

Medicamentos
Assegure-se sempre de que transporta os seus medicamentos na sua bagagem de mão, e não na bagagem registada que é transportada no porão. Além disso, aconselhamo-lo a levar consigo uma versão inglesa da receita dos seus medicamentos, para que a possa apresentar aos funcionários aduaneiros ou aos funcionários de segurança no caso de estes o interrogarem sobre os seus medicamentos ou agulhas de injecção. As agulhas de injecção devem estar bem embaladas. Os medicamentos que devem ser conservados no frio deverão ser transportados em sacos frigoríficos ou em garrafas térmicas que sejam permitidos pelas normas relativas à bagagem de mão. A bordo não estão disponíveis meios para conservação no frio.