Viajar com gesso

Está engessado? Isso é desagradável, sobretudo agora que está prestes a viajar. De facto, viajar de avião com gesso tem alguns riscos.

Viajar com gesso

Devido às diferenças de pressão na cabine, as suas mãos e pés podem inchar, pelo que o gesso fechado pode tornar-se demasiado apertado. Pode contactar o seu médico para lhe colocar eventualmente uma tala, ligadura ou gesso amovível. Deste modo, sofrerá menos com as diferenças de pressão. Por vezes, também ajuda se o gesso estiver fendido ou cortado no sentido longitudinal.

Tem mesmo de viajar com gesso fechado? Nesse caso, recomendamos-lhe, para sua própria segurança, que se faça acompanhar de uma declaração médica onde conste que pode viajar com gesso fechado numa cabina pressurizada. Não tem consigo uma declaração médica? Nesse caso aceita que tem conhecimento dos riscos de viajar de avião com gesso fechado.

A Transavia não oferece nenhum serviço para "apoio de pernas". Não é possível reservar lugares adicionais para esticar a sua perna. Devido a questões de segurança, deve manter-se sentado/a direito/a durante a descolagem e aterragem. Se isto não lhe for possível, então, infelizmente, não pode voar.